sábado, 6 de outubro de 2012

INFORMAÇÃO E CONTRAINFORMAÇÃO

Época de campanha eleitoral municipal, nessa época o povo escolhe os administradores para a cidade, quem eles querem para cuidar dos bens públicos. E como sabemos existem vários tipos de propaganda e os candidatos têm que optar pelo tipo que o faça atingir o seu objetivo de ganhar a eleição, para isso vale tudo?
O brasileiro tem a cultura de achar que vale tudo, vale a campanha positiva, que é a que os candidatos, educadamente apresentam as propostas que gostaria de implantar na cidade caso ganhe, e vale a campanha negativa, a que um mostra o que o outro não fez ou não vai fazer, estando ou não na sua proposta formal.
Aí entram outros tipos de propaganda que são clandestinas, pois geralmente não tem base na verdade e são utilizadas para confundir o eleitor.
Tudo faz parte, e fica a cargo do eleitor a responsabilidade de analisar toda essa enxurrada de informações que é despejada nesse período.
Não sei até que ponto isso interfere no eleitor que já definiu o seu voto, mas é voltada geralmente para os indecisos, e para os que possam ser suscetíveis a mudar o seu voto com medo do pior. Como cada um tem a sua concepção de pior ou melhor, isso passa a ser bastante relativo.
Só que a minha preocupação maior não é em relação à panfletagem apócrifa, não assinada, clandestina, que tem um alcance bastante limitado, ainda mais porque dilui entre tantas... A minha preocupação é quanto à mídia formal, essa que faz pose de isenta, de imparcial, mas que por motivos geralmente relativos a dinheiro, distorce e mente como se fosse a mais pura verdade, e isso  nós conhecemos de sobra, já que temos toda a mídia vendida a interesses particulares.
Como exemplo posso citar a Rádio do senhor Sleidi, que há bem pouco tempo atrás no dia do aniversário de uma candidata, não permitiu que se lhe oferecem músicas ou fizesse qualquer homenagem, em respeito ao período eleitoral, uma postura séria e ética, digna de um diretor de uma rádio que se diz comunitária, só que ontem ou anteontem, não sei bem, no dia do aniversário do prefeito ele mudou a sua convicção e a sua postura ética. Esse é apenas um detalhe... Existem piores, eu estou aguardando, por exemplo, a edição do Jornal Propaga Fácil, que já demonstrou por diversas oportunidades que não tem nenhum padrão ético, se permitindo defender os interesses dos "anunciantes" em detrimento até da ilegalidade, do mau gosto, ou de possíveis calúnias ou distorções que se propõe a publicar.
O dono desse Jornal é quem foi contratado, a peso se ouro para os nossos padrões e pela experiência que o rapaz já teve em campanhas eleitorais, para coordenar uma campanha específica, e provavelmente vai vir com a responsabilidade e o objetivo de fazer valer os valores que lhe foram pagos.
Essas mídias formais, para quem não conhece o histórico de falta de credibilidade, pode tentar influenciar os eleitores na reta final de campanha. Ou pode também não sair, como aconteceu na eleições municipais passadas, em que por motivos nunca bem explicados deixou de ser publicado no último instante. Atitude que, naquela oportunidade, e se vendo o resultado com uma diferença de apenas 37 votos, interferiu negativamente no resultado das eleições, o que fez com que a cidade ficasse à mercê de uma gestão venal e exploradora que teve afastado e cassado então prefeito eleito, que foi substituído pelo vice que por sua vez manteve o esquema administrativo.
Estamos sujeitos a qualquer golpe eleitoral, porque, segundo a tradição e cultura brasileira, para dar um jeitinho, vale tudo...


13 comentários:

  1. CONSTATAÇÃO ÓBVIA6 de outubro de 2012 08:53

    O QUE PENSAR DE UMA CIDADE ONDE NOSSAS PORTAS AMANHECEM CHEIAS DE PANFLETOS QUE DENUNCIAM O PAULO AFONSO E O SÉRGIO DE ESTAREM JUNTOS???ISSO P/ MIM NUNCA FOI NOVIDADE, POIS SE PÔDE PRÁ JOÃO CUNHA, PQ NÃO PÓDE PRÁ SERGIO DO ALPES???
    EU SEMPRE ACHEI QUE A MINHA MÃE É QUE TINHA RAZÃO. ELA SEMPRE DIZIA QUE, "QUEM USA CUIDA"!!! QUEM FAZ COISAS DESSE TIPO, SEMPRE VAI ACHAR DE QUE TODOS SÃO CAPAZES, MAS A MINHA PREOCUPAÇÃO NEM É ISSO, MAS DE QUEM VAI PAGAR PELOS LINDOS PANFLETOS COLORIDOS QUE SUJAM AS NOSSAS RUAS, NOSSAS PORTAS???
    INFELIZMENTE NEM É PRECISO DIZER AO POVO QUE CONTINUA SEM SAUDE, SEM EDUCAÇÃO, SEM SEGURANÇA DE QUE SOMOS NÓS OS PAGADORES E MANTENEDORES DESSA BRIGA DE CACHORROS GRANDES...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pessoalmente não vejo a candidatura do Sérgio como foi a do João Cunha com o Paulo Ramos, que foi nitidamente uma candidatura "laranja" para favorecer ao Calé e para detonar a candidatura do Neto, que tinha chances na época, mas que como vimos, poderia ameaçar a eleição do Calé. A candidatura do Sérgio veio atender aos interesses políticos do Sérgio aliado a interesses contrários à eleição do Paulo Afonso, a candidatura do Sérgio é mais favorável ao Eduardo do que ao Paulo, por isso a divulgação dessa pesquisa que possa confundir o eleitorado e fazer com que se pense em votar no Sérgio para evitar a continuidade dessa gestão perdulária e corrupta.

      Excluir
    2. CONSTATAÇÃO ÓBVIA QUASE IMPOSSÍVEL6 de outubro de 2012 10:57

      "GATO ESCALDADO TEM MEDO DE ÁGUA FRIA" AMAURIH...BASTA VER AS CARINHAS DOS VELHOS RAPOSÕES A ESPERA DOS OVOS DE OURO, MAS QUE SE DEUS QUISER VÃO DEIXAR DE OCUPAR UM LUGAR NA CÂMARA DEIXANDO ENTÃO O ESPAÇO LIVRE AOS NOVOS COMO CAROLINA PINHEIRO, MARISA DO JORGE OU DO ASILO, PROF. ADEMILSON, LIGIA DO HORTENSIA,PROFA.ALDRIE, RAFAEL DO GAZ, FABIO MEZENCIO, ROSE DA FARMACIA, WILLIAM CABELEIREIRO, BRUNO DA FARMACIA E MARCIO DA ACADEMIA...ESSES SIM!!!DARIAM UMA EQUIPE DE 11 VEREADORES QUE FARIAM DIFERENÇAS...E PARA MOSTRAR QUE NÃO SOU TÃO RADICAL EM RELAÇÃO AO VELHO, EU FICARIA COM O PAULO AFONSO PARA COMPOR COM ESSES VEREADORES...APOSTO QUE DAQUI A 4 ANOS, NINGUEM MAIS IRIA QUERER OUTROS P/ A NOSSA CIDADE!!!KKKKK
      SONHAR AINDA NÃO É PROIBIDO, "GRAÇAS A DEUS"!!!

      Excluir
  2. Chegou a hora!
    É hora da população de Perdões mostrar se está satisfeita com tudo isso que acontece em nossa cidade nos últimos anos ou se prefere mudar.
    Talvez esteja bom pra alguns, mas e pra maioria, será que está?
    Hoje não nos falta oposição e opção para mudar, temos outros 4 candidatos.
    Mas temos de respeitar aqueles que acham que é normal ainda termos um Posto de Saúde, como há 40 anos atrás. É normal termos que ter parabólica para ver TV. É normal ter esgoto jogado a céu aberto e falta de água. É normal não termos coleta de lixo. Ou não termos sequer a possibilidade de ter uma linha telefônica. É normal ter o nome de funcionários em cargos de confiança com contas bloqueadas a pedidos da justiça, e ainda assim continuarem com os cargos de "confiança".
    É normal termos um prefeito caçado e toda sua equipe continuar no poder mesmo após sua cassação.
    É normal termos meios de comunicação totalmente parciais influenciando em nossas escolhas.
    É normal pessoas comuns e "assalariadas" enriquecerem inexplicavelmente aos nossos olhos. É normal que até dinheiro de fundo de servidores seja objeto de cobiça.
    Pra esses que acham que tudo isso é bom e é normal, continuem assim, e façam valer seu direito de cidadão e de democracia, se a vontade de vocês for maior que a vontade dos indignados e dos decepcionados que assim seja.
    E que Deus proteja a vocês, porque só ele mesmo pra ter piedade dos submissos. E que Deus também proteja os outros, porque nesse caso, só ele mesmo pra proteger.
    Boa sorte aos conformados e aos inconformados.

    ResponderExcluir
  3. AMAURI, HÁ MUITO TEMPO ATRÁS EU FALEI PRA VC QUE A REGIÃO PRECISAVA DE UMA MÍDIA INDEPENDENTE, SEM RABO PRESO, SEM AO MENOS CONEXÃO COM PARTIDO, PORQUE AS NECESSIDADES VEM DAS RUAS E DAS PESSOAS, NÃO DOS PARTIDOS, E A IMPRENSA LOCAL DEVERIA ESTAR COM O POVO NÃO COM NENHUM PARTIDO

    FALEI ATÉ QUE TENTARIA TE AJUDAR DE ALGUMA FORMA, MAS NÃO DEU

    AVISEI PRA VC Q O "PARTIDO CC" ESTAVA COM INTERESSE NA CIDADE POR TER PEÇAS ESTRATÉGICAMENTE SENDO COLOCADAS AQUI E QUERENDO GALGAR DEGRAUS PRA CONSEGUIR O "PODER"

    ALGUMAS OCORRÊNCIAS PASSADAS DESDE LÁ, ESPERO PELO MENOS Q TENHA LEMBRADO DE MEUS AVISOS

    INFELIZMENTE VC SE APEGOU AO SEU PASSADO POLITICO E AO INVES DE ASSUMIR ESSA POSIÇÃO DE INVESTIGAÇÃO E PESQUISA, PREFERIU SEGUIR PELO RUMO POLITICO

    NÃO ME VENHA COM ESSA DE QUE A IMPRENSA TEM Q SE POSICIONAR POLITICAMENTE PORQUE A POSIÇÃO POLITICA DE QUALQUER MEIO DEVERIA SER A DO CIDADÃO - A POSIÇÃO DA BUSCA DE UMA VERDADE QUE SERVE AO BOM SENSO, NÃO AOS PLANOS MANCOMUNADOS DE UNS E OUTROS

    SE NÃO ASSUMIU A POSIÇÃO DE NEUTRO, ENTÃO NÃO RECLAME DA OUTRA POSIÇÃO, PORQUE QUEM TOMA PARTIDO, SABE QUE SEMPRE HAVERÁ CONTRA-PARTIDAS

    SUA POSIÇÃO É TÃO CORRETA QUANTO AOS DE SEUS OPOSITORES, DE QUALQUER LADO SEMPRE HAVERA´UMA DESCULPA DO LADO QUE FOR

    AGORA NÃO RECLAME

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu concordo, SE AMIDIA ESTIVESSE NO CONTROLE DO AMAURI, SERIA A MESMA COISA, SÓ MUDARIA O LADO>

      Excluir
    2. Então Macmanamann, aí é que está o equívoco dos autoritários, eu nunca almejei ter o controle da mídia, quem busca isso é exatamente os que tem coisas para esconder, nós temos em nossa cidade um bando que tem muitos motivos para cercear a oposição, e controlar a mídia. Macmanamann, me inclua fora da sujeira em que você e os seus amigos se veem na obrigação de apoiar.

      Excluir
  4. Assumir a posição de neutro??? Você é tão esperto, mas não tem a mínima noção do que está dizendo. Pois essa ideia de mídia isenta e imparcial é utópica e você sabe muito bem disso. Nós temos que ter espaço para todas as linhas de pensamento, eu não tenho que fingir neutralidade, eu tenho que ser claro e transparente na minha posição, mesmo que seja tendenciosa para qualquer lado, quem tem que analisar, e julgar, condenar ou absolver é o leitor, nós que trabalhamos com a informação estamos à mercê dos poderes, não existe a possibilidade de assumir a "posição de neutro", se você quer ver a produção de quem assume a posição de neutro, leia a "Capricho". Agora. Querer fazer caça às bruxas, mas usando pseudônimo e colocando em risco essa mídia "tendenciosa", procure outra, amigo...

    ResponderExcluir
  5. "NÃO EXISTE A POSSIBILIDADE DE ASSUMIR A POSIÇÃO DE "NEUTRO".
    COMO VOCE EXIGE ISSO DOS OUTROS?? EU HEIN!!

    ResponderExcluir
  6. Estou me referindo ao campo da mídia, Macmanamann. Eu nunca deixei de lutar pelo direito à livre manifestação, o problema está na falta de padrões éticos e no uso de mentiras e distorções que são necessárias quando se é pago para defender o indefensável, para ocultar a verdade para proteger pessoas e grupos que vivem na ilegalidade. O problema não é ser tendencioso, o problema é ser tendencioso e não admitir contrariedades. Tem gente que não pode ser contrariado...

    ResponderExcluir
  7. "não há mal em ser tendencioso" ?

    só um jornalista mau caráter diria isso....

    pq vc não fica só trabalhando pro governo?
    larga a mão de TENTAR ser jornalista....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é, no seu entender, "amigo", "trabalhar para o governo"? Será que você entende que "trabalhar para o governo" no seu modo de ver, é fingir que as atitudes do tal governo são as melhores? Trabalhar para o governo é ser cúmplice da maracutaia? Trabalhar para o governo é preferir atender e servir aos governantes por piores que sejam e ignorar o que seria melhor para o povo? Se for isso, "amigo", desse "governo" com "g" minúsculo, eu tô fora...

      Excluir
    2. E depois "amigo" onde eu coloquei que "não há mal em ser tendencioso", eu coloquei que o problema não é ser tendencioso, e repito, o problema é coibir contrariedades, mesmo que seja comprando, pois o dinheiro sujo, o dinheiro que não é sagrado, não produz nada de bom, não serve para produzir nenhum bem...

      Excluir