segunda-feira, 26 de março de 2012

VER JESUS

A liturgia do domingo foi esta: "Queremos ver Jesus!"

É importante entender que esse "ver Jesus" não tem nada a ver com imagem que se possa fazer do Cristo, mas está especialmente relacionado com as atitudes, nós temos que ver Jesus nas atitudes das pessoas...

Na catequese do folheto o padre Paulo Botas, do Mato Grosso do Sul, escreve:

"O profeta Jeremias denuncia que reduzimos a prática do amor a um mero mandamento jurídico. Por isso, não respeitamos e nem nos empenhamos em cumpri-lo para provar a nós mesmos que somos independentes e podemos inventar os próprios mandamentos. Este é o maior pecado: o orgulho que nos transforma em pessoas vaidosas enclausuradas em si mesmas...

...O evangelista nos afirma a lei maior do Evangelho: quem quiser servir ao outro deve morrer para ser fecundo. Ou seja, morrer para si mesmo e viver para o outro. Jesus nos testemunha que amar é o esvaziamento de si mesmo e que sempre é um risco imponderável.

São Francisco de Assis exclamava: "Deus é uma abismo, salte!" Neste mundo de hipocrisia, onde os valores humanos estão invertidos, o testemunho evangélico se torna o fermento de um mundo novo. Se Jesus tivesse dissimulado, como aprendemos a fazer, teria escapado da cruz. Mas Jesus sabia que pecar não era, como não é, somente não amar, mas não fazer do amor a prioridade radical da vida. Jesus, apesar de ter sentido medo, não trapaceou, mas se entregou, em lealdade e fidelidade, ao desígnio do Pai, por amor ao mundo.

... Cada um de nós já viveu esta situação-limite: quando acreditamos ter o domínio sobre nós mesmos e uma fé inabalável, nos defrontamos com vivências e provações que exigem uma atualização das forças da nossa fé e um reaprender da esperança, pois temos que partir do zero.

Jesus nos legou o testemunho da sua vida para que ao seguir o seu caminho, tenhamos um novo olhar sobre o futuro e possamos "Ver a borboleta na larva, a santa  na prostituta, a águia no ovo, o irmão em meu próximo e em meu distante e, no sorriso efêmero do jasmim, a ressurreição eterna da primavera! (Roger Garaudy)

Será que alguém teria alguma restrição em seguir o que diz a palavra? Eu sei que tem gente que torce o nariz para esse tipo de matéria e por isso nem conseguem entender ou captar as lições da vida. Nem por isso vou deixar de publicar o que eu penso, pois tenho a certeza absoluta que viveria em um mundo melhor vendo Jesus em todas as pessoas...

Até mesmo nos que se escondem por detrás do anonimato...

3 comentários:

  1. HOJE NÓS VEMOS JESUS COMO EM ESPELHO, MAS UM DIA O VEREMOS FACE A FACE, COMO ELE É!! 1 CORINTIOS 13.8-13.

    ResponderExcluir
  2. NÃO TEVE SESSÃO HOJE???

    ResponderExcluir
  3. Teve Sessão, o que não tive foi tempo para colocar o frame de vídeo, pois atrasei e nem levei o meu computador na Câmara, a Sessão foi transmitida pelo site da BJPtv...

    ResponderExcluir